Ao no Exorcist teve sua fama a anos atras quando sua primeira temporada foi lançada. Atualmente sua continuação tenta voltar a manter a fama que a obra tinha.

Sinopse: Humanos e demônios são dois lados da mesma moeda, como são Assiah e Gehenna, seus respectivos mundos. A única maneira de viajar entre os reinos é por meio da posse, como em histórias de fantasmas. No entanto, Satanás, o governante da Gehenna, não pode encontrar um anfitrião adequado para possuir e, portanto, permanece preso em seu mundo. Em uma tentativa desesperada de conquistar Assiah, ele envia seu filho em vez disso, com a intenção de ele eventualmente crescer e ser capaz de conquistar o mundo para o rei demônio.

Ao no Exorcist segue Rin Okumura que parece ser um adolescente comum, um tanto problemático – até um dia que é emboscado por demônios. Seu mundo fica de cabeça para baixo quando descobre que ele é de fato o próprio filho de Satanás e que seu pai demônio deseja que ele volte para que possam conquistar Assiah juntos. Não querendo se juntar ao rei da Gehenna, Rin decide começar a treinar para se tornar um exorcista para que ele possa lutar para defender Assiah ao lado de seu irmão Yukio.

Particularmente eu confio na qualidade desse anime. Quando falo de qualidade não digo necessariamente que é boa, mas sim que é algo que deve se manter como a primeira temporada.

Seu primeiro episódio demostra isso. Tivemos uma boa animação e uma dinâmica que fez o episódio correr rápido, porém os velhos problemas persistem, e esse não demostram sinal de melhoria.

Quando falo dos velhos problemas, posso estar me referindo a diversas coisas, desde a trama a personalidade dos personagens.

O segundo problema se demostrou mais visível durante essa sua volta. Terminei o episódio com certa irritação dado ao comportamento totalmente imaturo e irritante do trio de amigos e da garota loira (estou desde a s1 fazendo a cova dessa guria). O protagonista continua sendo o mesmo tipico de shounens, mas ainda consigo criar simpatia por ele, e principalmente pela “garota sobrancelha”, a unica que deixo meu total respeito nesse primeiro episódio.

No geral foi um episódio interessante. Eles cortaram na cara dura todo o final filler da ultima temporada e vão seguir o original como nada tivesse acontecido. Isso foi meio estranho, mas desde que siga o original já é um começo.

Nota da estréia: 3.5/5

Autor: @Arthurcs10

Para comentar com o disqus clique na imagem abaixo:

comentarios

Curta nossa página no Facebook : Nome Temporário

Siga nosso Twitter : @NomeTemporario2

 

Anúncios